Home / Destaques / Qual a diferença entre lustre, pendente e luminária?

Qual a diferença entre lustre, pendente e luminária?

Todos querem um lar confortável e aconchegante para chamar de seu. Para que esse objetivo seja alcançado vale de tudo: investir em decoração, criar ambientes diversos, procurar por móveis confortáveis e que sejam funcionais. Aqui no Blog da Elbran sempre reforçamos a importante função da iluminação, que muitas vezes fica como última prioridade em uma residência.

 

 

Na matéria de iluminação desse mês, vamos falar um pouco sobre lustre, pendente e luminária e mostrar alguns exemplos de como aproveitar melhor esses produtos para o projeto de iluminação da sua residência. Antes de mais nada, vamos entender um pouco de cada um deles.

 

Lustre

Quando falamos sobre lustres a primeira imagem que nos veem a mente pode ser de uma peça luxuosa, feita de metal, com várias ramificações e muitas lâmpadas. De fato essas são características marcantes nos lustres. Essas peças juntam, em um mesmo produto, um artefato de decoração e de iluminação, e trazem luxo, glamour e sofisticação para um ambiente. Pode ser feito de metal, como vemos em filmes, como também de cristal e tem muitas ramificações.

 

Pendente

Essa peça pode ser menos glamorosa se comparado com o lustre, mas também é utilizada por decoradores e arquitetos como uma peça com função de iluminar e de decorar. Normalmente os pendentes são compostos por uma cúpula que fica suspensa por um fio ligado ao teto e podem tanto iluminar o ambiente de forma mais ampla, como servir para jogar luz em um ponto escuro. Por sua versatilidade, os pendentes podem servir para criar texturas e efeitos de luz em um ambiente.

 

E a luminária?

Na realidade, luminária é uma forma genérica de se referir às diferentes peças de iluminação. O que acontece comumente é a pessoa não saber o nome específico do produto – como plafon, spot, pendente etc – e se referir de forma genérica como luminária (afinal, todas essas peças de iluminação servem como luminária). O importante nesse caso é entender que diferentes produtos servem a diferentes propósitos.

 

Onde então utilizar o lustre e o pendente?

Por serem imponentes e com forte apelo decorativo, os lustres são muito utilizados nos ambientes sociais e amplos de uma residência, tal qual hall de entrada, sala de estar e sala de jantar. Caso queira dar um toque mais sofisticado, vale utilizar os lustres também em escritórios ou salas de home office. Apesar de ser decorativo, a função do lustre é iluminar. Dessa forma atente-se se o volume de luz que o lustre oferece é suficiente para o ambiente que você quer instalá-lo.

Já os pendentes caem bem em ambientes mais funcionais, tal qual em cozinhas, sala de leitura e escritório. Essas peças também são muito bem utilizadas para iluminar bancadas, mesas, mesas de refeição e mezaninos. Elas também podem ser muito bem utilizadas em quartos, juntamente com cúpulas de tecido e uma iluminação mais quente e aconchegante.

 

Procurando por iluminação? A Elbran tem vários produtos para sua casa e comércio e que cabem no seu orçamento bolso. Acesse nossa loja virtual em www.elbran.com.br.

 

Veja também

Qual a diferença entre corrente alternada e corrente contínua?

Em algum momento você deve ter ouvido falar sobre essas nomenclaturas, mas será que você …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *