Home / Destaques / Desvendando a elétrica – 110v, 115v ou 127v?

Desvendando a elétrica – 110v, 115v ou 127v?

Ao longo deste ano, desde que começamos a produzir textos para a editoria Desvendando a Elétrica, buscamos abordar os conceitos e dúvidas mais comuns da elétrica, com o objetivo de levar até você as respostas para seus questionamentos sobre eletricidade. E para fechar o ano de 2017, resolvemos abordar uma pergunta muito comum que os clientes da Elbran fazem aos nossos vendedores: afinal de contas, é 110v, 115v ou 127v?

 

 

Para entendermos essa variedade de tensões nominais que, ainda hoje, nos causa confusão, precisamos voltar na história. No começo da geração e distribuição de energia elétrica no Brasil, não existia uma empresa brasileira que prestava esse tipo de serviço, ficando essa responsabilidade nas mãos de firmas estrangeiras. As empresas norte-americanas costumavam utilizar a voltagem 110; já as europeias, 220. Com o amadurecimento do setor elétrico brasileiro, começou-se um esforço para uniformizar as tensões de distribuição em baixa voltagem – as nossas instalações residenciais – padronizando nosso sistema.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) convenciona que a faixa de tensão das instalações residenciais varie entre 127v e 380v, dependendo do tipo de instalação empregada. Falamos sobre esse assunto no texto “Entenda a diferença entre monofásico, bifásico e trifásico”. Clique aqui para ler. Entretanto a rede elétrica pode sofrer algum tipo de surto de sobretensão ou queda de tensão na rede. Por esse motivo as concessionárias de energia elétrica fornecem um nível mínimo e máximo dentro da faixa de 127v, que varia entre 116v e 133v.

O correto então é afirmar que nossas tomadas são 127v e não 110v, como erroneamente dizemos.

 

Como, então, surgiu o 110v?

Na época em que o fornecimento de energia não era padronizado, muitas concessionárias entregavam de fato a tensão de 110 volts nas residências. Os fabricantes de eletrodomésticos e bens de consumo, tanto no Brasil quanto no exterior, também adotaram o padrão de 110v, o que acabou por popularizar essa nomenclatura.

Apesar da tensão de 127v já ser consolidada, a população em geral continua a se referir 110v. É muito comum entrarmos em uma loja e o consumidor perguntar: “vocês tem lâmpada para 110v?”. São raros os casos de clientes que utilizam o termo 127v.

Ainda que a nomenclatura popular seja 110v, as indústrias nacionais de eletrodomésticos e eletroeletrônicos não fabricam mais nenhum tipo de aparelho ou produto que funcione nessa faixa de tensão. Pode reparar em sua TV, geladeira e micro-ondas, todos serão 127v.

 

Existe a tensão de 115v?

Também é comum ouvirmos sobre essa faixa de tensão e existe uma explicação. Existem muitos produtos que são fabricados em outros países, especialmente China, Taiwan e Malásia e, por esse motivo, o padrão de voltagem é diferente. Pode reparar, é comum vermos essa voltagem estampada em produtos estrangeiros.

A recomendação é sempre utilizar equipamentos adequados aos padrões elétricos brasileiros.

 

Gostou do nosso texto deste mês? Não deixe de ler as matérias já postadas da editoria “Desvendando a elétrica”. Para acessá-las, clique aqui.

Não deixe também de acessar nossa loja virtual em www.elbran.com.br. Nós temos as melhores soluções em elétrica e iluminação para a sua casa. Antes de construir ou reformar, não deixe de consultar a Elbran. Acesse já!

 

Veja também

Qual a diferença entre corrente alternada e corrente contínua?

Em algum momento você deve ter ouvido falar sobre essas nomenclaturas, mas será que você …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *