Home / Destaques / Entenda a diferença entre monofásico, bifásico e trifásico.

Entenda a diferença entre monofásico, bifásico e trifásico.

No jargão da instalação elétrica é muito comum se referir às instalações residências e comerciais por monofásica, bifásica e trifásica. Mas você realmente sabe a diferença entre esses tipos de instalação? Você sabe identificar em qual dessas instalações elétricas sua residência e/ou comércio se enquadram? Acompanhe a matéria que nós do Blog da Elbran preparamos para você tirar suas dúvidas sobre esses tipos de instalação.

 

 

Sistema monofásico

Nesse sistema a concessionária instala 2 fios na residência: uma fase e um neutro. A potência total suportada por esse tipo de instalação chega a 8000 Watts. Na maioria dos estados do Brasil, o sistema monofásico entrega 127 volts na casa do cliente. Apenas alguns estados do norte e nordeste utilizam o sistema monofásico de 220 volts.

 

Sistema bifásico

O sistema bifásico é caracterizado pelo uso de 3 fios: duas fases e um neutro. Esses fios podem ser combinados entre si para entregar dois tipos diferentes de voltagem (1) fase + neutro = 127 volts e (2) fase + fase = 220 volts. A capacidade de suportada por esse tipo de instalação está na faixa entre 12000 e 25000 Watts.

 

Sistema trifásico

Esse tipo de sistema é instalado com 4 fios, sendo três fases e um neutro. Essa instalação é muito comum em comércios, oficinas e pequenas indústrias pela quantidade de máquinas que exigem alto consumo de corrente. As tensões podem ser de 127, 220 ou 380 volts, dependendo da concessionária. As potências máximas suportadas pelo sistema trifásico estão entre 25000 e 75000 Watts.

 

Quem define qual tipo de instalação elétrica é feita na minha residência/comércio?

Esse cálculo é feito pela concessionária de energia elétrica da sua região. Ao solicitar a ligação da eletricidade, a empresa costuma fazer uma avaliação, com base no consumo médio de seu bairro e/ou em um questionário preenchido pelo solicitante, qual a potência aproximada de consumo dessa residência. Com esse cálculo é feito a escolha do tipo de ligação que será feito: monofásica, bifásica ou trifásica.

O cliente também pode fazer a solicitação do aumento de carga em sua residência/comércio se assim for necessário. Basta ligar na concessionária e solicitar esse serviço. Entretanto, recomenda-se consultar um engenheiro elétrico e um eletricista para entender a necessidade de mudança e quais as vantagens/desvantagens.

 

Gostou do texto? Se ainda está com dúvidas sobre esse assunto, deixe seu comentário. E lembre-se, antes de construir ou reformar, consulte a Elbran. Nós temos as melhores soluções em elétrica e iluminação para a sua residência e imóvel comercial. São fios, cabos, dispositivos de segurança, tomadas, interruptores e muito mais. Acesse nosso site www.elbran.com.br e compre já!

 

Veja também

Qual a diferença entre corrente alternada e corrente contínua?

Em algum momento você deve ter ouvido falar sobre essas nomenclaturas, mas será que você …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *