Home / Destaques / Acidentes elétricos: cuidados para sua reforma não virar um pesadelo

Acidentes elétricos: cuidados para sua reforma não virar um pesadelo

Reforma é sinônimo de renovação para muitas pessoas. Em algumas reformas pequenas não é nem preciso envolver muitas pessoas. E é exatamente nesse momento que muitos esquecem de tomar as devidas precauções, especialmente no que se refere a cuidados com a rede elétrica.

 

 

Segundo dados da Associação Brasileira de conscientização para os Perigos Elétricos, ou Abracopel, em 2015 foram 1249 pessoas envolvidas em acidentes causados por choques elétricos. Muitas desses acidentes poderiam ter sido evitados caso alguns cuidados tivessem sido tomados. Por isso, antes de pensar em qualquer reforma ou construção é preciso atenção e cuidado redobrado.

A regra número um de segurança é manter uma distância segura da fiação aérea que deve ser de no mínimo três metros. Em obras no segundo pavimento ou em lajes, é preciso estar sempre atento para não se aproximar muito da fiação da rede de média tensão. Esses fios estão eletrizados com mais de 69 mil volts e uma simples aproximação de apenas 15 centímetros é capaz de causar graves queimaduras ou até mesmo levar a morte.

Outra dica importante a se seguir é tomar cuidado com andaimes metálicos, rolos de tinta ou as famosas “réguas” de alumínio utilizado pela maioria dos pedreiros. Essas ferramentas contêm peças metálicas que conduzem eletricidade. Por um pequeno descuido pode custar a vida de uma pessoa.

Fique também ligado quando for movimentar algum material de construção que tenha grande comprimento e potencial de ser desajeitado. Um exemplo são os vergalhões metálicos e arames de ferro. Além do choque elétrico, esses materiais têm potencial de causar um acidente envolvendo as demais pessoas próximas.

Vai retirar aquela velha antena VHF analógica que só está servindo de poleiro para os pássaros? Vale a mesma recomendação: cuidado redobrado para retirar esse equipamento. Antes de começar a retirar a antena, verifique se existem fios elétricos próximos.

Se sua construção vai acontecer muito perto da rede elétrica, consulte sua concessionária elétrica para avaliação das medidas cabíveis para que a obra possa acontecer de forma segura e sem contratempos.

Se você for fazer um reparo elétrico em sua residência, certifique-se de que todos os disjuntores estejam desligados, assim você evita um possível choque  e um acidente com eletricidade.

E lembre-se, a vida sempre em primeiro lugar. Se houver algum risco, mesmo que mínimo, de um acidente elétrico, não se arrisque. Vale mais uma reforma não feita do que um acidente que lhe causará uma dor de cabeça.

Se ainda tem dúvidas de como proceder para manter sua reforma ou construção seguras e sem risco de acidentes elétricos, entre em contato com sua concessionária elétrica.

Gostou do texto? Deixe seu comentário e curta o post desse texto no Facebook.

Acesse também a loja virtual da Elbran, com dezenas de itens e materiais elétricos para a sua reforma e construção www.elbran.com.br

Veja também

Qual a diferença entre corrente alternada e corrente contínua?

Em algum momento você deve ter ouvido falar sobre essas nomenclaturas, mas será que você …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *