Home / Destaques / Conheça mais sobre os sensores de presença.

Conheça mais sobre os sensores de presença.

Em tempos de crises financeiras qualquer economia doméstica que fazemos ajuda a fechar as contas no final do mês.

 

 

E quando o assunto é economia elétrica, todo cuidado é pouco para não estourar a conta, ainda mais em períodos de bandeira tarifária vermelha, que cobra uma taxa mais cara e pesada do consumidor brasileiro.

Aqui no Blog da Elbran já trouxemos uma dica muito prática para te ajudar a economizar na conta de energia. Discutimos em um post sobre os tipos mais comuns de lâmpadas do mercado e como elas podem te ajudar na economia doméstica. Se você ainda não leu o texto, clique aqui para ser redirecionado.

Hoje trazemos  mais uma dica de economia de energia. Você conhece os sensores de presença? Talvez muitos de vocês morem em prédios e convivam dia a dia com essa tecnologia. Outros talvez não conheçam muito bem seu funcionamento. Porém engana-se quem pensa que os sensores de presença só são utilizados em condomínios; hoje em dia muitas casas aproveitam esse aparelho para automatizar o acender e apagar das luzes (e economizar valiosos reais na conta de luz).

Mas você sabe que tipos de sensores de presença existem no mercado? Basicamente temos três tipos: (1) sensor de presença infravermelho, (2) sensor de presença por ultrassom e (3) sensor de presença com fotocélula. Os três aparelhos têm o mesmo propósito – eles funcionam como uma espécie de interruptor que é acionado pela presença ou movimento dentro de seu raio de atuação. Os sensores de presença são preparados com um timer que pode ser configurado pelo usuário, sendo mais comum os intervalos de tempo de 1, 5,10 e 15 minutos (mas essa não é uma regra).

O sensor de presença infravermelho, como o próprio nome diz, utiliza o espectro de luz infravermelho para identificar a presença de uma pessoa ou a movimentação de um objeto ou animal. O modelo de sensor por ultrassom é mais sofisticado e, ao invés de emitir uma luz infravermelha, emite um sinal de ultrassom que, ao ser refletido de volta para o sensor, aciona o circuito. Já os sensores de presença com fotocélula são aparelhos que, além da tecnologia de detecção de presença (pode ser infravermelho ou ultrassônico), esses aparelhos tem um circuito que também detecta a quantidade de luz e só aciona o dispositivo quando tiver em uma determinada condição luminosa. Trocando em miúdos, a luz acoplada a esse tipo de sensor de presença só irá acender se estiver escuro e passar alguma pessoa.

Do ponto de vista elétrico, a instalação e manutenção dos sensores de presença não são difíceis. Muitos fabricantes incluem junto com o aparelho um manual de instalação com o esquema elétrico a ser seguido. Se você, entretanto, não tem segurança para fazer a instalação sozinho, converse com um eletricista de confiança que ele poderá te ajudar.

É importante lembrar que sempre que mexer com eletricidade, ter certeza de que os disjuntores do quadro geral estão desligados. Essa checagem de segurança evita que você tome um eventual choque elétrico enquanto estiver mexendo em sua instalação.

No site da Elbran você pode encontrar alguns modelos de sensores de presença para instalar em sua casa ou prédio. Clique aqui para acessar nossa loja virtual.

Curta também nossa página no Facebook e não esqueça de comentar esse post.

Veja também

Qual a diferença entre corrente alternada e corrente contínua?

Em algum momento você deve ter ouvido falar sobre essas nomenclaturas, mas será que você …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *